“Meu Chefe Coreano”, por Olivia Kepler

Disponível na Amazon e de forma gratuita no Kindle Unlimited: Clique aqui

Ficha Técnica:

Título: Meu Chefe Coreano

País: Brasil

Autora: Olivia Kepler

Gênero: Romance

Ano de Publicação: 2020

Editora: Saranghae

Páginas: 386

Rating: ⭐⭐⭐⭐

Sinopse:

Erik Lee Young é o diretor comercial da maior empresa da construção civil de Nova York e seu objetivo é se tornar CEO antes dos seus quarenta e cinco anos. Mas para isso se tornou um profissional exigente e sistemático de paciência curtíssima, por isso contrata somente os melhores especialistas para seu time e faz com que todos se desenvolvam para entregar seu máximo.

Erik só não podia contar que ele e sua mais nova contratada tivessem tantas coisas em comum. O que pode acontecer entre o homem que finge não se lembrar e a mulher que não aceita “não” como resposta

Meu Chefe Coreano promete boas doses de clichê, inspiração em doramas, protagonista forte, um chefe irresistível e personagens cativantes.

~Minha opinião (contém spoilers!)~

~ Quase como um dorama

Não sei qual a real intenção da autora, mas se foi parecer com um dorama, a única semelhança com um drama asiático foram os personagens coreanos.

A trama é bem digna de um dorama mesmo – um casal se conhece, fica junto, tem vários problemas de comunicação, algo acontece, eles se separam, depois se reconciliam, depois algo maior atrapalha e no final eles ficam juntos. Até aí, nada novo sob o sol.

Porém, por mais que a pp fosse americana, uma descendente de coreanos e/ou alguém que viveu mais de 10 anos na Coreia jamais agiria da forma como a Hyuna agiu.

Vê-se claramente que a autora imprimiu uma atitude americana e/ou brasileira nela, para tirar aquele estereótipo de que todas as meninas coreanas são bobinhas e inocentes. Se esse foi o intuito, ele foi atingido com sucesso, pq ela é fodasticamente forte e decidida, a ponto de ser levemente egocêntrica – oq a própria personagem admite ser – e a faz ser totalmente diferente das personagens dos dramas asiáticos.

Tipo, isso não é um defeito no livro – se a intenção foi essa.

Porém, oq me deixou confusa foi como o ex-futuro-noivo dela simplesmente aceitou tudo e deixou tudo resolvido ~DO NADA.

Tipo “ah, blz, vc me ferrou, mas tá livre do casamento, vai poder viver com quem vc ama e poder voltar pra sua casa. Mas isso é uma vingança, tá?”

Tipo, oi?

Do nada?

Foi como se faltassem ideias de como ela poderia tirar a Hyuna daquela situação e colocasse uma solução ali tipo “ah, eu quis então tá tudo certo”.

Mas a ideia de ter casado com a May foi de gênio, apesar de achar que seria mais fácil ela ter casado com a Naomi, né, mas enfim?

Como eu já disse, eu não sei a intenção da autora, mas se ela quis que parecesse com um dorama, ela passou bem longe. Se não quis, então foi sucesso 🙂

Sobre GabisNika | Gabriela Resende - Escritora

🦋 Te faço voar ao transformar suas ideias 🦋 Minhas dicas e projetos vão te ajudar a evoluir no mundo da escrita
Esse post foi publicado em Resenhas e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para “Meu Chefe Coreano”, por Olivia Kepler

  1. Muito bom site. Mais um excelente conteúdo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s