“Pássaro e Serpente”, por Shelby Mahurin (…)

Pássaro e serpente (Vol. 1) por [Shelby Mahurin]
Disponível na Amazon: clique aqui

Ficha Técnica:

Título: Pássaro e Serpente

Título Original: Serpent and Dove

País: EUA

Autora: Shelby Mahurin

Gênero: Fantasia/romance

Ano de publicação: 2019

Ano de publicação dessa edição: 2021

Páginas: 535

Editora: Galera Record

Volume: #1

Rating:⭐⭐⭐⭐⭐

Uma bruxa fugitiva que esconde seus poderes.

Um caçador de bruxas que as odeia mais que tudo.

O destino não ia ser tão bonzinho assim: claro que os dois iam se cruzar em algum momento. Claro que eles se encontrariam. Claro que uma fagulha ia acontecer. Claro que eles seriam forçados a ficarem juntos por um acaso do destino.

Se eu falar mais que isso, eu entrego a história inteira porque não tem como falar sobre esse livro sem soltar spoiler.

~Minha opinião~

Vou contar uma realidade aqui, me surpreendeu.

Andava difícil de eu conseguir começar e terminar um livro de fantasia, sério… Mas olha, tô besta com esse!

Começou lento (bem lento): uma bruxa que não fazia magia e um caçador de bruxas completamente apaixonado pelo seu trabalho, temente a Deus e lambia o chão por onde seu chefe passava.

A partir do momento que (óbvio) o meu trope favorito de romance apareceu, eu simplesmente me apaixonei pelo livro e não consegui largar dele:

Quando que um casamento entre uma bruxa e um caçador de bruxas ia dar certo?

Pois é? Não ia, até eles serem forcados a se casarem por uma força maior (e bem ridícula, diga-se de passagem).

A construção do mundo é fantástica e é cada plot twist que só Jesus, mas em algumas cenas de ação, eu achei difícil de acompanhar.

Não sei se porque talvez eu não estivesse prestando a devida atenção, ou porque estava confuso mesmo, mas fora isso, fantasia perfeita!

E agora eu quero mais livros de bruxas, além de estar ansiosíssima pra começar a ler Sangue e Mel.

Amei, do fundo do coração, sério mesmo! 

Quotes:

“Promessas vazias. Talvez tenha sido a razão pela qual deixei de amá-lo.”

“Os bares estão cheios de mulheres, Ansel. Não somos como você pensa. Podemos fazer tudo o que você pode… E provavelmente fazer melhor.”

“E minha esposa – a porra do amor da minha vida – era filha da Dame des Socières. A herdeira do Chatêau le Blanc. A maldita princesa das bruxas. E todos sabiam. Todos, exceto eu. Até o infeliz do Ansel. Era demais.”

Sobre GabisNika | Gabriela Resende - Escritora

🦋 Te faço voar ao transformar suas ideias 🦋 Minhas dicas e projetos vão te ajudar a evoluir no mundo da escrita
Esse post foi publicado em Resenhas e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s