“Wicked Villains”, por Katee Robert (…)

A série “Wicked Villains” conta com seis volumes e é escrita por Katee Robert.

Ela é a personificação de todos os fetiches que existem com a Disney. Uma história erótica onde as mocinhas ficam com os vilões e não com os heróis.

E bota erótico nisso. Eu acho que nunca nem vi uma cena de sexo tão bem descrita na minha vida.

Como eu disse, são sete volumes, não publicados no Brasil.

São eles:

  • #1 – Desperate Measures (Jafar e Jasmine)
  • #2 – Learn My Lesson (Meg, Hades e Hercules)
  • #3 – A Worthy Opponent (Tinker Bell e Capitão Gancho – que viram Tink e Hook)
  • #4 – The Beast (Bela, Gaston e a Fera – que viram Belle, Gaeton e Beast)
  • #5 – The Sea Witch (Ariel, Eric e Ursula – que viram Zuri, Alaric e Ursa)
  • #6 – Queen Takes Rose (Aurora e Malévola – que viram Aurora e Malone)
  • #7 – Wicked Villains: Bonus Content (um livro de contos que tem 16 cenas específicas de todos os personagens citados nos outros livros).

Vou falar um pouco sobre cada um deles abaixo:

Desperate Measures (#1)

Desperate Measures – Jafar e Jasmine
Disponível na Amazon: Clique aqui

Ficha Técnica:

Título: Desperate Measures

País: EUA

Autora: Katee Robert

Gênero: Romance erótico

Ano de Publicação: 2019

Páginas: 215

Editora: Trinkets and Tales LLC

Rating: ⭐⭐⭐⭐ + 0,5 + 🔥

A história não é lá essas coisas. Basicamente se passa nos dias atuais. O pai de Jasmine, Balthazar, a vendeu para Ali e ela estava p*%& da vida (com razão).

Há cinco anos, Jafar trabalha para o conselho de Balthazar e trocava farpas com Jasmine o tempo todo. Bem no estilo ‘enemies to lovers’. Mas quando ele descobre que o pai a havia vendido, ele o matou e quis tomar Jasmine para si. O que ele não sabia era que ela queria tanto ser sua ‘prisioneira’ quanto ele queria ser seu ‘dono’.

Nesse novo mundo, com direito a uma cobertura e um clube de sexo chamado ‘The Underworld’ comandado por Hades e Maegara (Meg, para os íntimos) e onde Tink(er Bell) é uma estilista, Jasmine e Jafar descobrem muito mais um do outro do que pretendiam.

No final das contas, a história cumpre o propósito de entregar uma releitura da Disney, onde acontece um crossover de Aladdin, Peter Pan e Hércules e ainda realiza todos os fetiches de quem cresceu assistindo a esses desenhos.

Não tem uma história muito elaborada que se diga “oh, meu Deus, que história bem feita, que personagens, que enredo”… não. Mas brinca com a imaginação da gente.

Fora que o final é muito fofinho.

Recomendo a leitura para quem gosta de leitura mais… Dark? Kinky? Your choice.

Quotes (elas vão estar em inglês porque eu não tenho coragem de traduzir elas por vários motivos):

“‘And whad do you need?’
‘You'”

“‘Jafar,’ she looks away. ‘How can this even work?’ […]
‘It will work because it’s us’
‘I truly wish I could believe that’
‘You don’t have to believe it, baby girl. I’ll believe enough for both of us'”

“What is a kingdom without a queen?”

“Just because I love you doesn’t mean that I will sit at your feet ever again”

“‘She is beautiful and brilliant.’ I dip down to speak directly into her ear. ‘And mine.’
Her hips move as she tries to fuck my fingers. ‘Say it again.’
‘Mine.’ I gather her close, keeping up the touch that will have her coming apart again. ‘My baby girl, my woman.’ I nip her bottom lip, catching her cry with my mouth. Only when I’ve taken her down from the edge do I finish: ‘My queen.'”

Learn My Lesson (#2)

Learn My Lesson: 2 | Amazon.com.br
Learn My Lesson – Hades, Meg e Hércules
Disponível na Amazon: Clique aqui

Ficha Técnica:

Título: Learn My Lesson

País: EUA

Autora: Katee Robert

Gênero: Romance erótico

Ano de Publicação: 2019

Páginas: 253

Editora: Trinkets and Tales LLC

Rating: ⭐⭐⭐ + 🔥 🔥 🔥

Vamos brincar um pouquinho com a história original:

If there’s one god you don’t want to get steamed up is Hades. ‘Cuz he has an evil plan.”

Nesse volume, vemos que a relação de quase uma década de Meg e Hades está desgastada. Eles não conversam e tudo piora quando Meg descobre que ele está tramando planos sem ela. Como um “presente” que tem o objetivo de “salvar” o relacionamento deles, Hades traz Hércules para a relação.

O problema é que ele não conta que usa Hércules para atingir Zeus, o culpado por expulsá-lo do Olympus e matar sua esposa e seu filho há 30 anos atrás.

O que nenhuma das três partes envolvidas nessa história esperava era que eles iriam se apaixonar um pelo outro.

Como todos os livros dessa coleção, ele mexe com nossa infância – pra variar – mas ainda prefiro a história do Jafar e da Jasmine.

Tem mais amor envolvido e eu achei essa meio esquisita. Tipo, não fez muito sentido e não foi muito bem construída.

É completamente impossível NÃO comparar Learn My Lesson com Desperate Measures. Eu gosto mais do primeiro porque o Jafar realmente gosta da Jasmine e o contrário também acontece.

Já com a Meg é diferente porque ela quer se deixar levar pelo o que sente pelo Hércules da mesma forma que ela quer que a relação dela com o Hades melhore e/ou volte a ser o que era. E, enquanto isso, Hades e Hércules tomam todas e quaisquer decisões em nome dela e isso já é o suficiente pra deixar ela puta da vida.

As partes 🔥 são muito 🔥 🔥 🔥 🔥 , mas eles têm sérios problemas de comunicação.

“Temos um problema”; “poxa vida, como resolvemos?”; “transando desesperadamente da forma mais louca que conseguirmos, usando todos os artefatos e todas as linhas dos livros de BDSM”

Ou então:

“Nossa, você me escondeu, por 10 anos, que teve uma esposa e um filho e que eles foram mortos pelo pai do cara que a gente ta f&%*$do nesse momento”

Tipo

Oi?

Enfim, estou no aguardo do próximo para saber como vai ser. Algo que faz com que a Sininho fique com o Capitão Gancho me parece ser um pouco mais… Romântico e que talvez fique mais parecido com Desperate Measures.

(sem quotes dignas de nota)

A Worthy Opponent (#3)

A Worthy Opponent (Wicked Villains, #3) by Katee Robert
Tink e Capitão Gancho (Hook)
Disponível na Amazon: Clique aqui

Ficha Técnica:

Título: A Worthy Opponent

País: EUA

Autora: Katee Robert

Gênero: Romance erótico

Ano de Publicação: 2020

Páginas: 270

Editora: Trinkets and Tales LLC

Rating: ⭐⭐⭐⭐⭐ + 🔥 🔥

O melhor até agora!

A Worthy Opponent é simplesmente o melhor livro da série até agora.

Meu enemies to lovers voltou e eu nao conseguia desgrudar o olhar da tela do Kindle.

Fofinhos na medida certa e o Hook com certeza entrou na minha lista de crushes literários.

Amo demais, já to quase pulando pro livro de contos pra ver mais dele e da Tink.

Algumas cenas de sexo estão fora de lugar, tipo, ah, o “pai” do Gaeton morreu, como vamos conforta-lo? Vamos transar

É tipo, muito ????

Mas fora isso, tem mto amor dentro da parte física do Hook com a Tink, coisa que eu não vi em Desperate Measures e muito menos em Learn My Lesson.

To muito in love mesmo

Quotes:

“My soul hates Hook. My body hasn’t gotten the memo”

“Been there, done that, bought a T-shirt, burned it to ash”

“Stop panicking because you realize you’re falling for me and get your head on straight.”

“She’s more than the submissive with a snarky attitutde and a quick mouth. More than the strong person who survived shit no one should have to survive. She’s a shining goddamn star barreling through the heavens and fuck if I don’t privileged to watch her trajectory.”

“If I wasn’t a goddamn coward, I’d let him as close as he seems to want to be. I would see this sham of a marriage as the chance to maybe have something I’ve wanted since I was a kid, a burning desire that has been used against me time and time again. I might even love this man with his wicked charm and wounds that are far too similar to mine. But I am a coward.”

“You asshole, you can’t honestly think I’m safer here than I am with you.”

“This shouldn’t work. We shouldn’t work. […]
Who gives a fuck about ‘should’, beautiful girl? We work. It’s enough.”

“I want you, beautiful girl. I love you. The rest will fall into place as it’s supposed to, regardless of what from that takes. Maybe we work in getting you pregnant and, as you said, popping out a few kids. Maybe we adopt. Maybe we change our minds about kids and get a small pack of dogs instead. The only rules are the ones we make.”

“I want to love not-happily-ever-after with you, Jameson.”

The Beast (#4)

The Beast (Wicked Villains, #4) by Katee Robert
Bela (Isabelle), Gaston (Gaeton) e Fera (Beast)
Disponível na Amazon: Clique aqui

Ficha Técnica:

Título: The Beast

País: EUA

Autora: Katee Robert

Gênero: Romance erótico

Ano de Publicação: 2020

Páginas: 284

Editora: Trinkets and Tales LLC

Rating: ⭐⭐ + 🔥

Eu não costumo falar mal de livros porque o que pode ter sido ruim pra mim pode ser ótimo pra você, mas olha, esse esteve de parabéns, porque terminar foi um sufoco…

Foi importante na sequência porquê ele solta algumas pequenas pistas sobre o próximo e, pelo o que eu entendi, sobre a outra coleção da autora, que fala da cidade ao lado de Carver City, Sabine Valley.

Sobre a história: há um ano atrás, Isabelle terminava com Beast e Gaeton. Sim, os dois. Ela namorava os dois ao mesmo tempo e eles estavam de boas quanto a isso.

Izzy se sentia péssima porque eles a tratavam como se ela fosse feita de vidro e ela gostava das coisas feitas de forma mais… Forte, por assim dizer. Ela sentia que só estava completa enquanto tivesse os dois e Beast e Gaeton sentiam que nunca seriam o suficiente para ela sozinhos.

E então, o pai da Izzy faleceu e, somado ao término dos dois, ambos foram embora do território. O problema era que eles eram os generais e sem o líder e os generais, o território ficou vulnerável a ataques (principalmente vindo de Ursa – Úrsula – a Bruxa do Mar).

Para convencê-los a voltar para o território, Izzy aparece no Submundo e pede que eles voltem, mas Beast tem uma proposta: ela ficaria junto com eles dois por duas semanas fazendo tudo o que eles quisessem e, ao final desse prazo, ela deveria decidir definitivamente com quem ela ficaria.

E, bom, claro, ela só se vestiria se eles permitissem – o que não permitiram.

Com isso, Beast quer convencer não somente Isabelle, mas também Gaeton de que eles ficariam bem juntos – os três.

Era para eu me surpreender que os três ficariam juntos? Não, afinal se na sinopse já está escrito que serão três personagens principais – e com o histórico de Learn My Lesson – , já era esperado.

Mas, ao contrário de Desperate Measures e A Worthy Opponent (e talvez uns pedaços de Learn My Lesson), não foi uma coisa que foi um “consensual forçado” entre eles. Foi uma batalha de orgulhos feridos querendo ver quem machucava mais.

Uma cena me deixou chocada: eles a fariam g**** 15 vezes seguidas. Pelo o amor de Deus, quem faz isso?? Isso me enjoou e mesmo que ela tenha realmente gostado – o que eu duvido, né, porque foram 15 – , é bizarro e doentio.

Além disso, como todo livro, as pessoas não se comunicam. A falta de comunicação é a base de todas as histórias, né, mas… esses três superaram.

Eu senti como se a autora tivesse perdido a essência da história que estava tão bem montada no primeiro e no terceiro. Estou no aguardo dos outros três livros para completar a coleção.

A única coisa que valeu foi a conexão no final: Zurielle (Ariel) mora no Olympus (sendo filha de Tritão, ela é neta de Poseidon, que é irmão de Hades e Zeus, que é pai do Hercules. Pronto, já fiquei mais feliz.

Quotes:

“Life is too short, too uncertain, to deny yourself what you want”

Sobre GabisNika | Gabriela Resende - Escritora

🦋 Te faço voar ao transformar suas ideias 🦋 Minhas dicas e projetos vão te ajudar a evoluir no mundo da escrita
Esse post foi publicado em Resenhas e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para “Wicked Villains”, por Katee Robert (…)

  1. Pingback: Indicações de Releituras de Contos de Fadas | GabisNika

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s