“Namorado de Aluguel”, por Kasie West

Namorado de aluguel - eBooks na Amazon.com.br
Disponível na Amazon: Clique aqui

Ficha Técnica:

Título: Namorado de Aluguel

Título Original: The Fill-in Boyfriend

País: EUA

Autora: Kasie West

Gênero: Rom/Com YA

Ano de publicação: 2015

Páginas: 250

Editora: Verus

Rating: ⭐⭐⭐⭐⭐ + ❤

Essa comédia romântica fofinha segue a história de Gia Montgomery, que aparentemente tem a vida perfeita: até que seu então namorado à distância termina com ela no estacionamento da escola, no dia do baile de formatura.

(ta bom que ele terminou com ela por um motivo justo, mas podia ter esperado pra fazer isso no final da festa, né?)

Desesperada pra provar para as amigas que ela não estava mentido sobre ter um namorado universitário, ela ~literalmente~ cata o primeiro que aparece na sua frente: um menino que acabara de se mudar para a cidade e que tinha só ido levar a irmã mais nova no baile.

E ele topa. Ela até oferece dinheiro, mas ele recusa. Ela disse que então fica devendo uma para ele.

Eles vão, fazem aquele teatro todo e ele vai embora, fazendo as amigas de Gia pensarem que ele havia dado em cima de outra menina (que no final das contas era só a irmã mais nova dele ~mas elas não precisavam saber disso).

Tempo vai, tempo vem e Gia tem cada vez mais suspeitas sobre Jules, uma doida que apareceu no grupinho dela e que quer, a qualquer custo, “roubar” sua melhor amiga, Claire. E o que aumenta consideravelmente suas suspeitas de Jules é ela continuar achando (dessa vez com razão) que o namoro de Gia com Brad (o universitário) é falso e querer fazer tudo para provar sua mentira.

Enquanto isso, Gia descobre que a irmã do cara (que ela nem sabe o nome) que fingiu ser seu namorado para as meninas é sua colega em ciências políticas e que é ela quem vai cobrar o favor que ela deve para o irmão: ele quer voltar para a ex traíra e a função da Gia nessa história é impedir que ele caia nessa tentação (sério, a mina é um lixo).

Entre muito drama adolescente e cenas para lá de fofas, Gia, Hayden (e ela descobre o nome dele, Brasil) e Bec (a irmã marrenta de Hayden) vão se envolver em algumas confusões e descobrir o verdadeiro significado de amizade.

~Minha Opinião~

Aaaa é fofo demais ❤️❤️

Vou mandar a real. Eu, se estivesse na pele da Gia, faria exatamente a mesma coisa.

As amigas dela não são tão amigas assim, se a Claire fosse amiga dela de verdade, não teria se afastado só por causa da mentira.

E a Bec é tipo, a melhor personagem, dei várias risadas com o jeito dela e amei a “vingança” que a Gia e o Hayden planejaram contra ela, foi bem necessária

Amei demais (podia ter uns hot ou ~semi hot existe?~ pq, tipo, De Repente Acontece tem e fez super sentido com a história, aqui ia ficar legal tbm).

Mas amei de verdade

Minhas leituras desse ano tão me surpreendendo demais e eu tô apaixonada por elas ❤️❤️❤️❤️

Quotes:

“Bec continuou:
– Encontrei o convite ontem à noite, depois ouvi meu irmão ligar para ela e confirmar que vai nessa coisa. Ela o convidou. E ele vai. Ela está tentando agarrar meu irmão de novo, e foi ela quem terminou. Ela é horrível, Gia. Pior que você.
– Obrigada.
– Você é só sem noção. Ela é cruel.
– E você acha que isso vai me fazer sentir melhor?”

“Raramente encontramos profundidade quando a procuramos dentro de nós mesmos. A profundidade é encontrada no que podemos aprender com as pessoas e as coisas que nos cercam. Todo mundo, todas as coisas têm uma história, Gia. Quando você conhece essas histórias, descobre experiências que a preenchem, expandem sua compreensão. Você acrescenta camadas à sua alma.”

“- Tudo bem, vem cá. Você precisa de ajuda.
Hayden me puxou para mais perto e se colocou atrás de mim.
Bec gemeu.
– Jura que você está usando o truque do ‘me deixa te ajudar a fazer’?
Eu não conseguia ver a cara de Hayden, por isso não sabia se ele estava tão vermelho quanto eu.
– Não é truque, Bec. Ela precisa realmente de ajuda.
– Ei. – Dei uma cotovelada de leve no estômago dele.
– Se eu quisesse usar algum truque, faria alguma coisa assim. – Ele pôs a mão na minha cintura, me puxou contra o seu peito e aproximou a cabeça da minha orelha. – Ei, gata, você precisa de ajuda? – falou em voz baixa e rouca.
Congelei. Minha nuca e a orelha direita se arrepiaram. Bec deve ter visto minha expressão porque começou a rir. Muito.”

Sobre GabisNika | Gabriela Resende - Escritora

🦋 Te faço voar ao transformar suas ideias 🦋 Minhas dicas e projetos vão te ajudar a evoluir no mundo da escrita
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s