Vermelho é a cor do pecado… Não?

Há alguns meses, em uma das minhas arrumações da minha estante de livros eu percebi um fator curioso: uma parte muito grande das sequências, os segundos volumes, são vermelhos.

Então eu decidi pesquisar um pouco mais a fundo.

A psicologia das cores é antiga, da época dos Gregos Antigos.

A cor vermelha pode ter vários significados aplicados a ela. Dentre eles, temos:

  • poder
  • guerra
  • perigo
  • violência
  • fogo
  • coração
  • paixão
  • amor
  • desejo
  • carne
  • sexo
  • pecado
  • tentação
  • revolução
  • energia
  • estímulo
  • apetite

Ou seja, podemos resumir todas essas palavras para uma única: excitação.

De acordo com a psicóloga Rosália Moreira, “a cor vermelha está diretamente ligada aos estímulos físicos, por isso é comumente associada à paixão; é a cor da energia, ação, ambição e determinação”.

Para ela, essa cor pode nos excitar e nos deixar mais confiantes, mas também pode contribuir para o aumento da ansiedade, agressividade, intolerância e cansaço. (Fonte)

Na foto acima, eu reuni seis livros, seis sequências, seis “segundos”.

Vamos analisar cada um deles:

  • O Bicho da Seda, de Robert Galbraith -> Strike e Robin estão levemente balançados um com o outro, mas não querem admitir isso nem para eles mesmos. Temos um fato de paixão e atração, um pouco de desejo, pecado e uma tentação enorme que só piora com o passar da história. Robin convence Strike a conhecer seu noivo, o que causa um ciúme imenso tanto em Cormoran quanto em Matthew.
  • O Resgate do Tigre, de Colleen Houck -> vamos tratar algumas das informações principais desse livro em tópicos:
    – Kelsey teve que voltar ao Oregon enquanto Ren ficou na Índia (raiva por Ren ter dispensado ela)
    – Uma ameaça enorme volta a assombrá-la e ela tem que voltar à Índia, só para descobrir que Ren está sumido (perigo)
    – Ao chegar, Sr Kadam lhe apresenta um tigre negro lindo, o irmão mais novo de Ren, Kishan, que é seu completo oposto. Badboy, olhos amarelos, sarcástico… Tudo que faz o coração da heroína ficar bem balançado (paixão)
    – Quando Ren é resgatado e vê que quem ajudou Kelsey foi Kishan, ele parte para cima do irmão, com muitos ciúmes e vê Kishan como uma ameaça, devido aos acontecimentos do passado, que os fizeram serem transformados em tigres (ameaça, ciúmes, perigo, raiva)
  • Feitiço, de Sarah Pinborough -> A sequência de “Veneno” é… intensa, para não dizer outra palavra. Descobrimos que o príncipe não é tão bonzinho assim. Na verdade, ele é um bosta (raiva). A Rainha quer vingança e uma paixão começa a despontar (que será concluída no terceiro).
  • Em Chamas, de Suzanne Collins -> Katniss achou que tudo havia terminado. Ela vivia na casa na área dos campeões com Prim e sua mãe, Peeta morava na casa ao lado e, mesmo tendo que aguentar um Haymitch constantemente bêbado, ela não reclamava. Tinha pesadelos o suficiente para se preocupar. Porém, em meio à revolução que ela começara ao tentar burlar o sistema, ela tem que voltar à arena (perigo) e, para isso, tem que abandonar sua família novamente. Isso lhe causa um ataque de pânico e raiva.
  • Harry Potter e a Câmara Secreta, de J. K. Rowling -> Harry passou o verão inteiro preso na casa dos Dursley. Não que isso fosse uma novidade para ele mas, depois do melhor amo de sua vida, iniciando seus estudos na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, com novos amigos que prometeram contato e que não o cumpriram, ele realmente se sentia mal. O sentimento negativo que tinha pelos Dursley não se comparava com a saudade que sentia da escola e dos amigos que, aparentemente não sentiam tanto a sua como ele a deles.
    E então ele descobre que um elfo doméstico, Dobby, escondeu suas cartas por medo de um perigo que aconteceria no seu segundo ano em Hogwarts. Ele fica puto (afinal, quem não ficaria?) e, no mesmo dia, Rony, Fred e George vão buscá-lo com um carro voador e ele foge pela janela. Ele fica muito animado, excitado e morrendo de medo que seu tio o pegasse fugindo.
    O resto da história todo mundo conhece, ne?
  • Elite, de Kiera Cass -> América começa a se sentir atraída por Maxon e fica dividida pelo que sente por Aspen. Ao mesmo tempo, não suporta ver Maxon com Celeste. Pra piorar, os principais indícios da revolução começam a despontar.

Podemos acrescentar aqui seis “segundas edições” que também são vermelhas, como “Príncipe Drácula“, de Kerri Maniscalco, “Trono & Ossos: O Enigma do Chifre“, de Lou Anders, “A Corte de Névoa e Fúria“, de Sarah J. Maas, “A Garota do Calendário: Fevereiro“, de Audrey Carlan, “Entre o Amor e a Paixão“, de Lesley Pearse e “Conquista“, de J. C. Reed.

Eu não li esses ~ainda~, então não posso opinar de forma concreta sobre eles, mas achei uma coincidência muito grande todos os segundos volumes serem vermelhos.

Sobre GabisNika | Gabriela Resende - Escritora

🦋 Te faço voar ao transformar suas ideias 🦋 Minhas dicas e projetos vão te ajudar a evoluir no mundo da escrita
Esse post foi publicado em Curiosidades e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s